Como adestrar cachorro idoso

  1. Home
  2. /
  3. Adestramento
  4. /
  5. Como adestrar cachorro idoso
adestrar cachorro

Como adestrar cachorro idoso

Posted in : Adestramento on by : Douglas

Você tem um cachorro mais velho e ainda sofre com problemas de comportamento que se arrastam por anos? Acha que só porque ele já não é mais um filho não pode mais se arriscar a adestrar cachorro?

Bem, se você pensou isso, é hora de rever os seus conceitos pois, ao contrário do que se imagina, um cachorro mais velho pode ser passar ser bem sucedido com um adestrador cachorro. Isso é possível porque como o comportamento cachorro já está formado, você já sabe como é a personalidade do animal, e consegue colocar em prática bons truques sem tantas chances de erro.

Ficou interessado em adestrar cachorro mais velho? Então confira esse texto. Aqui vamos mostrar como adestrar um cachorro passo a passo e garantir que o seu idosinho aprenda alguns truques, mesmo depois de tantos anos de vida. Confira como.

Como adestrar um cão idoso

Um ponto muito importante é que, quando comparamos com o adestramento cachorro filhote, saber como adestrar um cão idoso pode ser mais difícil, afinal ele pode ser teimoso, cheio de vícios e dar mais trabalho.

Mas, ao contrário do que possam dizer, um cão idoso pode, sim, ser adestrado. Com paciência e seguindo alguns truques, você vai ver como é possível conseguir deixar o seu cão mais educado.

Motivação

O adestrador de cães que vai treinar um cachorro mais velho precisa, além de bastante paciência, saber como motivar o animal, já que ele acaba se dispersando mais do que um filhote e o comportamento de cães mais velhos pode dificultar o processo.

Então, tenha sempre algo interessante para que você chame a atenção do cachorro. Não se esqueça de ter uma boa recompensa com você. Mas, antes de começar o adestramento, leve o cachorro ao veterinário, para conferir que ele está com a saúde em dia, pois cães mais velhos costumam ter problemas de saúde que podem causar sofrimento.

O veterinário irá dizer, também, se existe algum alimento ou petisco que o animal não poderá consumir durante o seu treinamento, ou indicar também se aquele traço do comportamento cães é dele mesmo ou se trata de algum problema neurológico que impeça ou dificulte o aprendizado e treinamento.

Reforço positivo

O adestrador cachorro que investe no treinamento de cachorros mais velhos aposta sempre no reforço positivo. Essa tática recompensa o animal sempre que ele faz aquilo que o tutor ou seu treinador está pedindo.

Treinamentos com cães adultos envolvendo brigas e agressões além de não funcionar podem fazer com o que o animal acabe agredindo quem está lhe treinamento e desenvolver um comportamento ainda pior, regredindo ao invés de evoluir.

Tenha paciência

Conforme dissemos, o aprendizado de um cão idoso pode ser mais lento do que o de um filhote. Por isso, ter paciência é fundamental para ter sucesso no treinamento. Você um adulto, não leva mais tempo para aprender do que uma criança? Com os cães o raciocínio é o mesmo.

Mas não desista. Mesmo que seja difícil, se dedique ao treinamento, ensine novos comandos, estimule sempre o animal e invista em técnicas agradáveis. Assim, ele vai se divertir enquanto vocês estiverem juntos.

Leia mais no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *